Arquivos do Blog

Como um filme é convertido para 3D?

per-126-imagem-3d

Há três métodos, que você confere abaixo. Em comum, eles tentam recriar a ilusão da paralaxe – a sobreposição de duas imagens idênticas, como se fossem captadas por cada um dos nossos olhos, que, fundidas no cérebro, dão a sensação de tridimensionalidade. Mas os resultados nem sempre são satisfatórios.

O melhor modo ainda é captar o filme, desde o início, com equipamento 3D.

3 X 3 – Conheça as três técnicas para gerar a terceira dimensão

1. Recortar e colar
O primeiro método é o mais fácil e rápido – leva cerca de um mês. Um software localiza os elementos de cena que estão no primeiro plano (mais “à frente” no cenário) e desloca seus pixels para criar a imagem duplicada do 3D. Esse processo é parecido com o dos televisores 3D.

2. Trabalho braçal
O segundo método é semelhante, mas mais artesanal. Por isso, se for feito às pressas, pode deixar a desejar – foi o que aconteceu, por exemplo, com o filme Fúria de Titãs, de 2010. Cabe a um artista 3D (e não a um computador) analisar cena a cena e separar os dois planos. Em seguida, é criada uma modelagem geométrica dos principais elementos.

Jogo de cena

Sobre essa geometria, é projetada a cena original – assim, as modelagens ganham a textura, as sombras e a luz originais. E aí essa imagem é filmada por uma câmera 3D virtual (criada pelo próprio computador dentro desse cenário). Essa câmera cria a sobreposição de imagem que será projetada na tela das salas de cinema.

3.Mínimos detalhes
A última técnica é uma versão melhorada da segunda. Aqui, a cena é desconstruída e todos os elementos são modelados a mão. Depois, ela é reconstruída quase inteira em 3D e também recebe a projeção do 2D. Alice no País das Maravilhas, de 2010, foi feito assim. Esse é o método mais caro: de US$ 80 mil a US$ 100 mil por minuto de filme.

 

Fonte: Mundo Estranho

Jovens criam aparelho que gera energia a partir de urina

make-fairy

Quatro adolescentes chamaram a atenção com um equipamento que gera energia a partir de urina. A ideia foi apresentada na edição 2012 do Maker Faire Africa em Lagos, na Nigéria, evento que reúne pessoas que “constroem coisas”, desde artesanatos tradicionais até invenções modernas.

O gerador foi criado por Duro-Aina Adebola, Akindele Abiola, Faleke Oluwatoyin (as três de 14 anos) e Bello Eniola, de 15. Com ele, um litro de urina fornece até 6 horas de eletricidade.

make-fai-2

O sistema funciona com a adição de urina em uma célula eletrolítica que separa o hidrogênio. Ele vai para um filtro e é empurrado para um cilindro de gás. Depois, passa por outro cilindro no qual é removida qualquer umidade e então é empurrado para o gerador.

Mais um ideia para gerar energia! Curtiu?

 

Fonte: Super Interessante

Prêmio elege os arranha-céus mais bonitos do ano

Lista da CNN mostra os escolhidos do Emporius Skycraper Award, selecionados por um grupo de arquitetos internacionais

 

Absolute World Towers , Canadá

1-absolute-world-towers

Apelidado de Marilyn Monroe por conta de suas curvas, o complexo Absolute World Towers tem duas torres de 50 e 56 andares que dominam o panorama da cidade de Mississagua, na região metropolitana de Toronto. Inauguradas em 2012, as torres têm uma arquitetura futurista e totalmente única, atingindo 179 metros para o maior dos dois prédios

 

Torres Al Bahar , Emirados Árabes Unidos

2-al-bahar-towers

Situadas em Abu Dhabi, as Torres Al Bahar contam com uma fachada translúcida que usa painéis fotovoltaicos para gerar energia para o prédio. A arquitetura também permite reduzir a temperatura interna, economizando no uso de ar condicionado numa região muito calorosa e fazendo deste moderno arranha-céu um exemplo de desenvolvimento sustentável

 

Burj Qatar, Qatar

3-burj-qatar

Inspirado na Torre Agbar de Barcelona, também projetada pelo arquiteto Jean Nouvel, o arranha-céu Burj Qatar tem seu topo coroado por um domo que é, na verdade, um para-raios.  Com 238 metros e 46 andares, o prédio se transformou num dos mais belos de Qatar

 

The Bow, Canadá

4-the-bow

Com 236 metros de altura, o arranha-céu The Bow é o terceiro maior de todo o Canadá. Situado na cidade de Calgary, a poucos passos do rio Bow, que lhe rendeu o nome, o edifício tem um uso inovador de aço e vidro, fazendo dele 30% mais leve do que outros arranha-céus do mesmo tamanho.

 

House on Mosfilmovskaya 1, Rússia

5-house-on-mosfilmovskaya

As colunas expostas de concreto chamam a atenção dos passantes, assim como o átrio que une o House on Mosfilmovskaya 1 à torre vizinha. Com 213 metros, o edifício é um dos maiores e mais extravagantes da Rússia.

 

Pearl River Tower, China

6-pearl-river-tower

Usando energia eólica e solar para alimentar boa parte de suas necessidades, o Pearl River Tower é um dos arranha-céus mais eficientes do mundo no uso de energia. Com 310 metros de altura, o prédio ocupa um lugar privilegiado no panorama da cidade chinesa de Guangzhou.

 

Varyap Meridian, Turquia

7-varyap-meridian

O Varyap Meridien é um complexo de 1.500 apartamentos, hotel cinco estrelas, escritórios e centro de conferências no bairro de Atasehir, em Istambul. As cores da fachada vão de marrom terracota na base até azul no topo, simbolizando a mudança da terra ao céu.

 

UniCredit Tower, Itália

8-unitcredit-tower

Sede de um importante banco, a UniCredit Tower é o maior arranha-céu da Itália, com 218 metros. A iluminação colorida da fachada ajuda o prédio a ser visto a mais de 10 km de distância sobre as construções baixas de Milão.

 

Dumankaya  IKON, Turquia

9-dumankaya-ikon

O arranha-céu Dumankaya IKON consiste em três torres elípticas futuristas interconectadas umas às outras. O moderno complexo abriga mais de 1 mil apartamentos, além de escritórios e um shopping-center no térreo.

 

Renaissance Barcelona Fira Hotel, Espanha

10-renaissance-barcelona-fira

O Renaissance Barcelona Fira Hotel tem uma linda fachada branca com janelas em forma de folhas de coqueiro. No interior do luxuoso hotel, um jardim vertical retoma a temática natural com mais de 300 palmeiras.

 

Zhengzhou Greenland Plaza, China

11-zhengzhou-greenland-plaza

Maior prédio da cidade de Zhengzhou, no centro da China, o Zhengzhou Greenland Plaza combina escritórios com um hotel de luxo com 435 quartos. A fachada de alumínio fornece proteção do sol, permitindo ao mesmo tempo a entrada de luz natural e a economia de energia elétrica.

Ser humano será capaz de compartilhar o próprio sono

image

Programadores americanos desenvolveram um aplicativo revolucionário que permitirá os usuários relembrar momentos sonhados anteriormente em suas noites de sono.  O aplicativo, chamado Shadow, funciona através de um alarme progressivo, projetado especificamente para que o usuário saia lentamente do estado do sonho e entre a uma etapa entre o sono e o despertar, permitindo-o registrar claramente o que está se passando em sua mente enquanto dorme. Para isso, o aplicativo tem uma função onde tal registro pode ser feito tanto por texto quando por gravação do audio das partes do sonho.

image

A expectativa dos criadores do Shadow é criar uma rede social dedicada a compartilhar os sonhos com outros usuários, e até mesmo servir de instrumento de informação para auxiliar nas pesquisas de cientistas que se dedicam a interpretação de sonhos e o estudo do inconsciente.

Fonte: http://www.discovershadow.com

Casaco high-tech “abraça” crianças autistas para reduzir ansiedade

T.Jacket

A jaqueta da foto acima, definitivamente, não é uma peça de roupa comum. Idealizada para oferecer o conforto de um abraço a crianças com autismo quando o contato físico com os pais não é possível, ela pode reduzir a ansiedade e as reações nervosas das crianças.

Controlada remotamente pelos pais da criança, por meio de um aplicativo para smartphone ou tablet, a T.jacket detecta sinais de hiperatividade e indica a intensidade da pressão e a hora em que é preciso simular o abraço. Quando acionada, pequenas câmaras de ar dentro da peça se inflam para simular um abraço.

tjacket2

Segundo o fundador da empresa Cingapura T-ware, James Teh, ao acalmar as crianças, a jaqueta também pode ajudar a reduzir transtornos de aprendizagem. Isso porque crianças com autismo têm maior probabilidade de reagir abruptamente a novos ambientes, mudanças na rotina, sons fortes e novos rostos – e essas reações podem atrapalhar o aprendizado e o desenvolvimento. Assista ao vídeo do produto, abaixo:

“Um abraço faz bem a qualquer um. Provoca a mesma sensação de uma massagem”, explica Teh. O empresário espera que a invenção também agrade aos adultos que precisem de um abraço e dos efeitos terapêuticos do contato físico. Pena que a jaqueta ainda é tão cara: US$ 499, ou aproximadamente R$ 1.145.

A invenção só comprova que abraço é bom sempre, para dar e receber, em qualquer situação. Se é preciso mais argumentos para colocá-lo em prática, aqui vão algumas boas razões para você abraçar quem gosta agora mesmo: além de ser uma boa forma de comunicação, o contato físico pode ajudar a diminuir a pressão arterial, o que ajuda a reduzir o risco de doenças cardíacas, estresse e ansiedade.

O que você está esperando para abraçar quem está ao seu lado, agora?

*T.jacket

Fotos: Divulgação

%d blogueiros gostam disto: