Arquivo da categoria: Vocare | Comunicação & Eventos

Vocare de cara nova!

Após 4 anos, a Vocare Comunicação reformula seu logotipo para expressar o desenvolvimento e o crescimento da agência.

Avatar_Vocare

O novo logotipo da Vocare

 

O novo símbolo, que deu lugar ao símbolo que foi batizado de “Vocarinho” por uns e “Pac Man” por outros, é a combinação de três triângulos sobrepostos que, além de ser o “V”, de Vocare e fazer referência aos sócios Loren Pardini e Pedro Lattari e a conexão com os clientes, também tem o ângulo direito levemente apontado para cima e à direita, como alusão ao progresso.

As cores foram pensadas para transmitir energia e sobriedade.

O amarelo é a cor da luz do sol. Está associada a alegria, felicidade, inteligência, energia e produz um efeito de aquecimento, desperta alegria, estimula a atividade mental, e gera energia muscular.

O cinza sugere a segurança, a confiabilidade, a modéstia, a maturidade. Do ponto de vista da psicologia da cor, o cinza é a cor do compromisso – não sendo nem preto nem branco, é a transição entre duas cores consideradas “não cores”.

A tipografia do material gráfico ficou a cargo da fonte Futura, que foi desenhada entre 1924 e 1926 por Paul Renner, e é uma letra bem representativa da clareza defendida nos manifestos da Bauhaus, com evidente construção geométrica, ela parece ter sido construída com régua e compasso. Sóbria, neutral, clara, elegante, bem equilibrada, legível (em corpos grandes, mas também em texto corrido, a Futura apresenta as características preferidas pelos designers vanguardistas dos anos 20 e 30.

Anúncios

Por onde anda a atriz protagonista de Punky, A Levada da Breca?

Soleil Moon Frye já foi uma das atrizes mais queridas do Brasil na época em que interpretava Punky, protagonista da série “Punky, A Levada da Breca”, exibida pelo SBT desde o final da década de 80 até o começo dos anos 2000. Sucesso também nos Estados Unidos, a atração tem o nome original de Punky Brewster.

 


Foto: Divulgação

A atriz começou sua carreira com apenas dois anos, mas foi ao sete, na pele de Punky, que protagonizou seu maior sucesso. Na série, ela interpretava uma garotinha que foi abandonada pelos pais e que passa a contar com a companhia de seu cachorro, Pinky. Foram quatro temporadas de 88 episódios. Mais tarde, a atração viraria um desenho animado.Após o fim de Punky, Soleil continuou sua carreira como atriz e fez atuações em filmes e séries, entre elas “Sabrina, the Teenage Witch”. Em seguida, dedicou sua carreira às dublagens, como da animação “Planet Sheen”.Em 2011, lançou seu primeiro livro: “Happy Chaos: From Punky to Parenting and My Perfectly Imperfect Adventures in Between”.

Ela se casou com o produtor Jason Goldberg em 1998, com quem teve três filhos, Poet,Jagger e Lyric, o mais novinho nascido em fevereiro de 2014. Atualmente, aos 38 anos, Soleil mantém um blog e uma série de internet dedicados a temas infantis e femininos, entre eles artesanato.


Fotos: Reprodução/Instagram

E aí, você se lembra das aventuras da Punky, A Levada da Breca?

Fonte: SBT

Primeira cabine de amamentação será instalada em aeroporto de Nova York

primeira cabine de amamentação é inaugurada em aeroporto de nova iorque (Foto: Reprodução)A cabine de amamentação, projetada por Mamava, promete privacidade e conforto para mãe e filho 

Proibições sobre amamentar em público geram polêmicas não só no Brasil. Em Nova York, uma nova medida promete “melhorar a experiência de amamentação” nos aeroportos da cidade. Os primeiros compartimentos, criados especialmente para a hora da mamada, serão instalados no Terminal B, no Liverty Newark International Airport e no LaGuardia Airport’s Central Terminal, no dia 10 de maio.

As cabines foram projetadas pela empresa Mamava, que se compromete com questões relacionadas ao aleitamento e conforto das mães. A cabine, segundo informações disponibilizadas no site oficial, conta com espaço para bagagem, carrinho de bebê, mesa dobrável, cadeira acolchoada e outros suprimentos de limpeza. Não há janelas. Segundo a descrição do Mamava, a ideia é de “privacidade” para mãe e filho.

Agora conte para nós. O que você achou dessa “cabine de amamentação”?

Fonte: Globo

25 ilusões de ótica de pirar a cabeça

 

O Canadense Rob Gonsalves combina o surrealismo ilustrativo de René Magritte, a matemática de M.C.Escher e transforma a pintura em uma experiência bem divertida para o espectador.

O interesse de Gonsalves pela arte e a pintura surgiu ainda na infância.  Com 12 anos ele já tinha certa experiência com a técnicas e perspectivsa da arte arquitetônica. A maioria de suas pinturas têm um limite claro entre as várias histórias contadas, o que obriga o espectador a ir e voltar entre elas – como uma ilusão de ótica que muda a cada vez que você olha para ela.

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-2__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-3__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-7__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-22__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-19__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-11__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-14__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-20__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-23__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-8__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-13__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-16__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-21__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-24__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-17__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-9__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-10__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-5__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-6__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-12__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-15__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-18__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-4__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-25__880

Fonte: IdeaFixa

A garota que simulou uma viagem de mais de um mês no Facebook usando Photoshop

1410268935529_wps_113_mandatory_credit_xxxx_rex

Tudo é mais bonito nas Redes Sociais. Casais são perfeitos, as férias são as mais empolgantes, o prato de arroz com feijão vira banquete e a felicidade reina, sempre.

Resultado, talvez, de uma doença emocional chamada “aparências”, e viver para mantê-las não é algo novo à se fazer. Pensando assim, uma holandesa de 25 anos resolveu inventar uma viagem de mais de 1 mês, e trollar alguns conhecidos. Para os amigos e familiares, Zilla Van Den Born havia embarcado para o paraíso, dividido entre estadias na Tailândia e Cambodia.

A artista postava tranquilamente fotos em sua rede, enquanto visitava templos budistas, se banhava em lindas praias, frequentava ótimos restaurantes, e vivia perfeitamente. Acontece que tudo não passava de manipulações no Photoshop.  As fotos de mergulho foram feitas na piscina de sua casa, o templo que visitou era na verdade uma instituição budista de Amsterdam, a comida tailandesa foi ela mesma quem cozinhou, e para simular que estava em um hotel com decoração típica, utilizou antigas decorações de natal e um guarda-chuva para enganar  em conversas com os pais por Skype. Para dar início ao projeto, parte de um trabalho acadêmico, a estudante de design gráfico pediu aos pais para que a deixassem no aeroporto, de onde pegou um trem de volta pra casa e começou a arquitetar a ‘viagem’.

“Fiz isso para mostrar para as pessoas que nós filtramos e manipulamos o que a gente posta nas mídias sociais – criamos um mundo ideal online no qual não se pode mais encontrar a realidade. Meu objetivo era provar como é comum e fácil para as pessoas distorcerem a realidade”.

1410267788482_wps_100_PIC_ZILLA_VAN_DORN_MERCUR

 

 (Foto: Reprodução)

 

 

1410266135805_wps_72_pic_zilla_van_dorn_mercur

 

1410265802122_wps_49_pic_zilla_van_dorn_mercur

 

1410267503853_image_galleryimage_pic_zilla_van_dorn_mercur

 

1410265764039_wps_45_pic_zilla_van_dorn_mercur

Fonte: IdeaFixa

Ativistas resgatam cães de laboratório de testes em São Roque (SP)

327828-970x600-1

Um grupo de ao menos cem ativistas invadiu e resgatou cães da raça beagle do Instituto Royal, no Jardim Cardoso, em São Roque (59 km de São Paulo), por volta das 2h desta sexta-feira. Os ativistas protestam contra o uso de cães da raça em testes feitos pelo instituto que trabalha para farmacêuticas.

O instituto foi procurado, porém até o momento ninguém se manifestou a respeito. No ano passado, o instituto Royal disse que segue todos os protocolos nacionais e internacionais voltados para pesquisas com animais em laboratórios. A empresa também negou que houvesse maus-tratos aos animais .

Os ativistas arrombaram gaiolas e resgataram cerca de 200 cachorros da raça beagle, que foram levados em carros a clínicas veterinárias particulares da região. Segundo ativistas, seis destes cachorros tinham tumores e estavam mutilados. ” O que mais chocou o grupo foi um beagle sem os olhos”. No laboratório, os manifestantes também encontraram vários fetos de ratos e um cachorro congelado em nitrogênio líquido.

Sala é encontrada com objetos revirados no Instituto Royal, em São Roque (SP)

Sala é encontrada com objetos revirados no Instituto Royal, em São Roque (SP)

Imagem mostra geladeira aberta com objetos no chão no Instituto Royal, em São Roque (SP)

Imagem mostra geladeira aberta com objetos no chão no Instituto Royal, em São Roque (SP)

Imagem mostra mulher passando através de buraco de porta já destruída no Instituto Royal, em São Roque (SP)

Imagem mostra mulher passando através de buraco de porta já destruída no Instituto Royal, em São Roque (SP)

Coelhos também foram retirados do local pelos ativistas

Coelhos também foram retirados do local pelos ativistas

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP) 2

Fezes de animais espalhados em canil do Instituto Royal, no Jardim Cardoso, em São Roque (SP)

Fezes de animais espalhados em canil do Instituto Royal, no Jardim Cardoso, em São Roque (SP)

Fezes de animais espalhados em canil do Instituto Royal, no Jardim Cardoso, em São Roque (SP)

Fezes de animais espalhados em canil do Instituto Royal, no Jardim Cardoso, em São Roque (SP) 2

Documentos laboratoriais apreendidos pela polícia durante o resgate de animais

Documentos laboratoriais apreendidos pela polícia durante o resgate de animais

Documentos laboratoriais apreendidos pela polícia durante o resgate de animais

Documentos laboratoriais apreendidos pela polícia durante o resgate de animais 2

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP) 3

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)4

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)

Ativistas invadem e resgatam cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque (SP)5

Funcionária brinca com cães mantidos no laboratório, que fica em São Roque (SP)

Funcionária brinca com cães mantidos no laboratório, que fica em São Roque (SP)

Funcionária brinca com cães mantidos no laboratório, que fica em São Roque (SP)

Funcionária brinca com cães mantidos no Instituto Royal; alguns são sacrificados durante os testes

Parte dos salvadores criou uma página no Facebook, a Adote um Animal Resgatado do Instituto Royal, em que atualizarão informações sobre a adoção quando tiverem a permissão para isso. Se você estiver interessado, fique ligado!

E caso você queira ajudar com ração ou medicamentos para os peludos, há pontos de coleta de doação na capital:

– Cantinho Animal. Rua Doutor Altino Arantes, 647, Vila Mariana

– JJ Cabeleireiros. Avenida Cidade Jardim, 1013, Itaim Bibi

– Leckerhaus. Rua Doutor Melo Alves, 293, Jardins

– Mister Vet Centro Veterinário. Rua Turiaçu, 713, Perdizes

– Per Paolo. Rua Cardoso de Almeida, 1021/1049, Perdizes / Avenida Diógenes Ribeiro de Lima, 2282, Pinheiros / Rua Rio Grande, 380, Vila Mariana

– Zena Caffè. Rua Peixoto Gomide, 1901, Jardins

Qual a importância de website para minha empresa?

5-Ways-to-Improve-Your-Site’s-Architecture-1

Hoje trabalhamos num mundo globalizado e a internet tornou-se parte integrante desse novo sistema de negociação. Dia a dia cresce o número de serviços, informações e facilidades disponíveis online.

Um site é fundamental para uma empresa, primeiramente nos dias de hoje a visibilidade Web traz muito mais comodidade aos clientes, havendo uma necessidade o primeiro lugar em que o cliente irá procurar será nos sites de pesquisa da internet. As informações e os serviços oferecidos pelo seu site devem ser tratados atentamente por essas empresas, afinal seus websites são de importância vital para seus lucros.

Companhias que não sobrevivem diretamente da web também se beneficiam quando vêem em seus sites uma oportunidade crescente de negócios. Não focam o conteúdo apenas para captar clientes, mas também, para manter os clientes ativos e as parcerias. São essas que atingem novos patamares de sucesso com um número crescente de negócios.

Por outro lado temos empresas que nem mesmo e-mails em domínio próprio possuem. E também empresas que têm páginas na internet, mas com design ruim e conteúdo pobre que interferem diretamente na imagem dessas companhias. Sites que com os quais não fecham nenhum tipo de negócio nem dão suporte aos clientes ativos. Para estas empresas a importância de um site é pequena ou inexistente.

A solução para estas é seguir os exemplos citados anteriormente. Ter um website funcional. E isso consiste em bom design e informações úteis a quem visitar. A atitude de procurar um serviço ou produto na web é crescente nos lares e empresas. Poucos são aqueles que ainda arriscam o uso das antiquadas páginas amarelas.

Todo cliente se sente satisfeito ao acessar um site que contenham informações claras e objetivas, sem erros gramaticais, e que estas sejam diagramadas num layout agradável. Página que promovem a boa navegação ao invés de confundir o visitante. Esses são fatores cruciais que demonstram ao cliente a importância do site para a empresa. A VOCARE tem profissionais especializados em criação de sites e conhecimentos avançados em marketing digital, entre em contato conosco e chegaremos a uma solução para sua empresa.

Logos criativos utilizando Caixas

Hoje vamos trazer mais um post com logos para inspiração. O tema da vez é a caixa. Como utilizar esta forma na criação e concepção do logo – e posteriormente, na identidade visual completa?

Um conselho? Pense fora da caixa! 😉

20.box-logos

19.box-logos

14.box-logos

11.box-logos

10.box-logos

8.box-logos

6.box-logos

1.box-logos

Gostou das inspirações? A VOCARE |Comunicação & Eventos pode te ajudar na criação do logotipo da sua empresa.

 

A importância da sua empresa ter um Site

internet

Um site na internet não é mais um luxo para poucos, e sim uma regra geral para empresas que querem sobreviver em um mercado cada vez mais agressivo e um mundo globalizado.

O Brasil é o país que apresenta maior crescimento, atualmente, no que toca à usuários de Internet. Relativamente, este crescimento é maior até mesmo que o dos Estados Unidos. Com o aumento da interatividade, segurança e velocidade, aliado à redução dos preços cobrados pelo acesso à rede, a Internet deixou de ser um mero instrumento de pesquisa para tornar-se uma ferramenta de marketing e vendas muito poderosa.

Ter uma página na internet se tornou indispensável para empresas de todos os tamanhos: grande, médio ou pequeno porte. Esta ferramenta possibilita comunicação junto ao seu cliente sobre os seus produtos e serviços, apresentando seus diferenciais. Mas não basta ter um site “bonitinho” e esperar que chova clientes! Pelo contrário, ter um site na internet é apenas o primeiro passo para a empresa que está “engatinhando” no mundo virtual, é o começo de muito trabalho para que essa ferramenta seja utilizada de forma inteligente, que possa corresponder positivamente ao tempo e dinheiro investidos.

Não é mais possível pedir ao “sobrinho de seu amigo que entende de computador” para fazer um site para sua empresa. Um site é a imagem de sua empresa na internet e, assim como você não compareceria à uma reunião de bermuda e camiseta, seu site deve ser o mais bem elaborado possível.

Cerca de 95% das empresas que atualmente estão na internet não obtêm o sucesso esperado. Por quê? Simples: quem o produziu não pensou no público alvo do site, pensou apenas no “design” da página.

Pessoas ligadas a área de comunicação afirmam, hoje, que as empresas que não aderirem logo a esta nova mídia tendem a perder mercado e, no futuro, podem vir a ter seus negócios seriamente prejudicados.

Antes de começar a desenvolver um projeto web, é necessário saber o que seus clientes querem quando entram em seu site, é necessário satisfazê-los, cativá-los para que se sintam seguros em relação a sua empresa, e percebam os valores que a destacam no mercado. Entre em contato com a VOCARE | Comunicação & Eventos e se informe sobre as possibilidades para inserir a sua empresa na internet!

Celulares levam ‘horário nobre’ às redes sociais

post_20110116_redessociais

 

Um diálogo inacreditável da novela das 21h ou o “frango” incrível do goleiro no jogo do Campeonato Brasileiro – é difícil acessar o Facebook ou o Twitter no horário nobre da televisão sem ler um comentário sobre a atração do momento. Com a popularização do celular com acesso à internet no País, a atenção das marcas se volta à “segunda tela” do telespectador. A ideia é aproveitar o momento “comentarista” de cada um deles para promover produtos.

O Facebook, a rede social mais popular do País, com 73 milhões de usuários, percebeu esse movimento. Hoje, 52% dos acessos à rede social são por aparelhos móveis. O índice era de 30% há um ano, segundo a consultoria em mercado digital eMarketer. Para atingir todas as classes sociais, o Facebook desenvolveu uma forma de vender publicidade tanto para quem comenta a programação em smartphones sofisticados quanto para quem usa os celulares comuns, que permitem o acesso a fotos e textos na web, mas não exibem vídeos, por exemplo.

Segundo maior mercado para a rede social no mundo, o Brasil está sendo usado como plataforma de teste para a comunicação com o público que ainda não tem renda para comprar um smartphone – a experiência poderá ser repetida em outros países com estrutura econômica semelhante. No Brasil, quase metade dos 38 milhões de usuários do Facebook em aparelhos móveis ainda usa os celulares mais simples.

Para as marcas, vale a pena ir atrás deste público, pois ele é fiel, segundo Adriana Grineberg, diretora de negócios de bens de consumo e varejo do Facebook no Brasil. Ela diz que 70% das pessoas que usam o celular para navegar na rede social voltam todos os dias. “A frequência e o alcance são maiores (do que para o usuário que acessa no computador). Há dois anos, as marcas nem olhavam para os aparelhos móveis. Hoje, essa mídia já é relevante para sua estratégia.”

Uma pesquisa da consultoria Comscore mostra que, mundialmente, cerca de 40% dos usuários do Facebook têm o hábito de ver televisão e, ao mesmo tempo, acessar a rede social. No Brasil, a empresa usou uma ação da Unilever para testar a viabilidade de fazer propaganda na pequena tela do aparelho móvel relacionada a uma atração popular na TV. A Unilever escolheu a marca Seda, linha voltada às classes C e D, para a experiência.

A atriz Ísis Valverde, que vivia a personagem Suelen na novela “Avenida Brasil”, era a garota-propaganda da marca. No entanto, por restrições contratuais com a Rede Globo, o comercial da linha Seda não podia aparecer nos intervalos comerciais da novela. Como a meta era atingir a classe C, a ação de Seda foi totalmente voltada aos usuários de telefones comuns. Usou-se um texto e uma foto simples, que podiam ser bem visualizados nas telas de menor resolução. Segundo Diego Guareschi, gerente de marketing da marca Seda, essa foi a brecha que a Unilever encontrou para fazer o público-alvo associar uma das personagens principais da novela aos produtos. O texto que ficou disponível no celular só chamava a consumidora a saber mais sobre a vida da atriz em uma série de quatro vídeos. Apesar de os aparelhos comuns não permitirem a visualização de vídeos – o que obrigou as pessoas a assisti-los mais tarde na web -, o acesso ao conteúdo cresceu 400%. Juntos, os vídeos somaram 960 mil visualizações.

PREÇO

Para os anunciantes, usar o “horário nobre” do Facebook não é, em tese, mais caro. Porém, como um dos modelos de venda de publicidade é por leilão, o valor pode subir conforme a demanda por um determinado horário. Influenciam nessa conta também o perfil do cliente escolhido, conforme sexo, região, idade e preferências. “Poucas marcas estão trabalhando isso, mas pode ficar mais complicado daqui em diante”, diz o gerente de mídia da Unilever, Richard Lomas.

Ser a segunda tela do espectador não é exclusividade do Facebook. O Twitter já percebeu há algum tempo a tendência de sincronização entre a publicidade em televisão e na internet das 20h às 23h, segundo Guilherme Ribenboim, diretor-geral do microblog no Brasil.

O Twitter também usa o leilão para promoção de perfis e de tweets patrocinados. Já a mídia que promove tendências – palavra-chave patrocinada que aparece na lista de assuntos mais comentados – é vendida por diária. Hoje, 50% dos usuários do Twitter postam por smartphone (o índice era de 40% há seis meses). O Twitter tem 32 milhões de perfis ativos (que foram acessados no último mês) na América Latina.

Quer inserir sua empresa nas redes sociais? A VOCARE | Comunicação & Eventos pode te ajudar!

%d blogueiros gostam disto: