Arquivo da categoria: Arte

Armas laser terão o som dos laser de Star Wars no futuro

Armas laser terão o som dos laser de Star Wars no futuro

Quando eu vi Star Wars pela primeira vez, algumas coisas me fascinaram de modo indelével. A primeira elas foi um Tauntaun, aquela montaria que o Luke usava no planeta congelado de Hoth. O bicho era sensacional e eu acreditei que aquele treco existia mesmo. Eu só tive idade para ir no cinema quando já estava em cartaz O Império Contra-Ataca.
Outra coisa que me fascinou quase ao nível do trauma foram os sabres de luz e claro, o Darth Vader. Eu acho que não entendi lhufas da história, porque eu era muito novinho, mas aquela luta do Luke com o Vader… Eu nunca mais esqueci . Outra coisa bem legal eram os tiros de laser para todos os lados.

Eu levei mais de uma década para descobrir que laser é luz e portanto não faz barulho. Mas dane-se, os lasers em Star Wars fazem barulho e digo mais, que barulho LEGAL!
Imagine-se como um designer de som de filmes tendo que pensar como seria algo que não existe: O som de uma luz. O cara foi ninja.

Segundo me contou certa vez o meu amigo Lúcio lá no Além da Imaginação, o som do laser de Star Wars não foi inventado, mas sim descoberto, e foi graças, acredite se puder, ao rádio!
Sim, o rádio. Eis que Ben Burtt, o sound designer do filme andava tranquilamente pela rua, quando do nada um som inacreditável e completamente incomum atingiu seus tímpanos. Ele parou e olhou ao redor, completamente bolado. Então, o som aconteceu novamente. O cara foi seguindo o som dos disparos até descobrir de onde eles estavam vindo. Vinham de uma grande torre de rádio. Um peão estava trabalhando na torre e no processo de trabalho, martelava um longo cabo de aço. Cada marretada no cabo de aço era exatamente o som do disparo de armas laser. Quando Ben precisou finalmente gravar o som para o filme, ele subiu naquela torre de radio e com um martelo começou a bater no cabo de aço retesado. Isso gerou a base dos sons que mais tarde seriam gravados e usado na trilogia.

images (100)

Isso é ao mesmo tempo, uma curiosidade interessante do cinema, mas não só isso. É a materialização de uma coisa que podemos encontrar em livros que vão do marketing à administração e vazam até para livros de auto-ajuda: O conceito é simples. Quando você está concentrado num trabalho, dedicado de corpo e alma mesmo, seu cérebro começa a buscar padrões sem que você nem perceba.
Muitas vezes a própria solução te e contra sem que você precise sair procurando por ela. Cabe a você ter a capacidade de percebê-la em meio ao ruído de fundo.

Sua mente quando está focada num trabalho, fica permeável para pequenas influências externas que passariam completamente incólume para quem não está preparado. É uma coisa quase Zen, e nos revela o quanto precisamos estar sempre abertos para que o universo possa dar aquela ajuda fundamental. Muitas vezes, uma simples frase de alguém pode significar uma ideia de bilhões de dólares surgindo numa cabeça que estava com o terreno preparado para que ela florescesse.
Essas pequenas guinadas do destino estão por aí, voando, esperando somente que uma antena as capte e converta sonhos em realidades. Assim sendo, nunca fique limitado a si mesmo. Busque no espaço externo, deixe que as ideias venham até você. Quantas vezes ouvimos casos espetaculares como o da invenção do microondas (um técnico de radar estava trabalhando num emissor de microondas quando um chocolate no bolso dele se liquefez do nada) ou a invenção do vidro de segurança de todos os carros modernos (um cientista desastrado esbarrou num becker que tinha sido usado para armazenar uma especie de cola de celulose dias antes, e ao cair, o recipiente de vidro quebrou todo, mas não se partiu, não soltou nenhum caco)…

Bom, falando em laser de Star Wars, hoje achei uma notícia no mínimo curiosa. Na época em que George Lucas escreveu Star Wars, o laser ainda era uma fantasia distante. Hoje estamos no futuro e o laser está bem aí ao seu lado (no gravador de dvd do seu computador) nas canetinhas de projeção em clinicas de estética, no consultório do seu dentista, na boate e em muitos outros lugares. O laser hoje, faz parte da nossa vida. Claro que não demoraria à vida imitar a arte e o laser ir parar nas armas militares também!

Han_Solo_2_0

Eis que o Boeing High Energy Laser Mobile Demonstrator (HEL MD) usa potentíssimos raios laser para atingir alvos. Se ele usa disparos a laser, você realmente não sabe que a arma funcionou até que o alvo exploda. Assim, os cientistas se viram diante da questão: Como podemos ter certeza de que o laser está sendo emitido? Em busca de uma solução, a Boeing resolveu adicionar o som do raio das armas lasers que as pessoas já estivessem familiarizadas. Qual som melhor que os das armas de Star Wars?

Idealmente, a tecnologia será usada para explodir aviões ou mísseis inimigos (quem sabe até Ufos) com um cabulosamente potente raio laser de 10 kW que será extremamente preciso. Mas em testes, os engenheiros, por vezes, não tinham nem certeza se a arma estava ligada ou não. Portanto, a próxima versão do HEL MD vai ter um embutido de disparar um efeito sonoro para alertar o usuário de que a arma efetivamente disparou.

“Os pulsos acontecem rapidamente, e a menos que você esteja olhando para uma tela especial, você nunca vai vê-los,” disse o engenheiro da Boeing Electrophysics Stephanie Blount.

O mais interessante é que talvez isso se torne o padrão da indústria para emissões de armas laser, deixando o nosso mundo um pouco mais parecido com o do Luke Skywalker.

Este é um exemplo fascinante da vida imitando a arte, e ainda traz uma funcionalidade muito necessária para a tecnologia de armas. O que nos leva ao bizarro loop que é: Será que lá no mundo de Star Wars as armas na verdade não emitem também um som gravado de cabo de aço sendo martelado somente para que saibam que ela disparou?

Fonte: Mundo Gump

12 títulos de filmes famosos traduzidos ao pé da letra

1 — Conheça os Pais: Entrando numa Fria

2 — Ficção da Polpa: Pulp Fiction – Tempos de Violência

3 — 12 Homens Zangados: 12 Homens e uma Sentença

4 — Voando Sobre um Ninho de Cucos: Um Estranho no Ninho

5 — A Milha Verde: À Espera de um Milagre

6 — Filme Assustador: Todo Mundo em Pânico

7 — Serra: Jogos Mortais

8 — Ato da Irmã: Mudança de Hábito

9 — Burro e Mais Burro: Debi e Lóide

10 — A Arma Pelada – Dos Arquivos do Esquadrão de Polícia: Corra que a Polícia Vem Aí

11 — Calor: Fogo Contra Fogo

12 — Soprar: Um Tiro na Noite

FONTE(S)

IMAGENS

Veja o que abre e o que fecha em São Paulo durante o Corpus Christi

cc

Bancos ficam fechados na quinta-feira do feriado prolongado.

Metrô terá operação reforçada para Marcha para Jesus e Parada LGBT.

Quem ficar em São Paulo durante o feriado prolongado de Corpus Christi deve estar atento às mudanças de horário de funcionamento de alguns serviços e órgãos municipais, além de bancos.

Confira abaixo que abre e o que fecha nesta quinta-feira:

Bancos
As agências bancárias não funcionam na quinta-feira (4), de acordo com a Febraban. Na sexta-feira, abrem normalmente. As contas de consumo (água, energia, telefone e etc.) e carnês vencidos no dia 4 poderão ser pagos no dia 5, sem acréscimo

Poupatempo
Os postos do Programa Poupatempo ficam fechados na quinta-feira (4) e funcionam normalmente na sexta e no sábado.

Detran
Todas as unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP) fecham na quinta-feira (4) e voltam a funcionar normalmente na sexta (5). Os serviços de trânsito nos postos do Poupatempo e o atendimento pelo Disque Detran-SP também estarão indisponíveis.

Procon
Os postos de atendimento pessoal dentro das unidades do Poupatempo Sé, Santo Amaro e Itaquera ficam fechados na quinta-feira (4) e funcionam normalmente na sexta-feira (5). O atendimento eletrônico e telefônico não funciona na quinta-feira (4) e na sexta-feira (5). O funcionamento dos Procons municipais fica a critério da administração municipal.

Shoppings
As lojas dos shoppings da cidade funcionam na quinta-feira, das 14h às 20h. As praças de alimentação abrem das 11h às 23h.

Eletropaulo
De acordo com a concessionária AES Eletropaulo, todas as lojas de atendimento estarão fechadas no dia 4. Em casos de emergência, as centrais de atendimento atenderão nos telefones 0800 72 72 196 (para problemas na rede de distribuição, fios partidos e falta de energia) e 0800 7272 120 (para consultas de débito, consumo e contas). Na sexta-feira (5), as lojas funcionam normalmente.

Transporte
O Metrô vai reforçar o número de viagens dos trens das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3 Vermelha na quinta-feira (4), em função da Marcha para Jesus. Na Linha 5-Lilás, a frota será equivalente à utilizada aos domingos.

Na sexta-feira e no sábado, todas as linhas terão operação normal. No domingo (7), por conta da Parada do Orgulho LGBT, a o número de trens será ampliado nas linhas 1, 2 e 3.

Por causa do retorno à São Paulo, na segunda-feira (8), a abertura das estações será antecipada, com exceção da Linha 5-Lilás, que começa a funcionar no horário habitual, a partir das 4h40.

As linhas de ônibus intermunicipais da EMTU/SP vão operar com número de viagens reduzido. Na quinta-feira (4), a frota será equivalente à utilizada nos domingos. Na sexta-feira (5), será a mesma de sábado, com 75% das viagens dos dias úteis.

 

Fonte: G1

13 fotos de grandes celebridades quando elas eram adolescentes

1 — Angelina Jolie em sua foto de formatura

2 — Alguém consegue acreditar que este é o George Clooney?

3 — Johnny Depp fazendo pose de galã

4 — Jane Fonda na década de 60

5 — Matthew McConaughey muito tempo antes de ganhar o Oscar

6 — Diane Kruger não mudou quase nada

7 — Shia Labeouf sofreu uma pequena “transformação”

8 — Nessa foto, Sarah Jessica Parker nem imaginava que seria protagonista em “Sex and the City”

9 — A Jennifer Aniston parou no tempo

10 — Cameron Diaz era líder de torcida

11 — Kanye West de bigodinho

12 — Jamie Foxx antes do aparelho

13 — O nariz de Owen Wilson nem sempre foi torto

Magnum arrasa e lança campanha protagonizada por drag queens

Ser fiel ao seu prazer. Essa é a filosofia que a Magnum transmite em sua mais nova – e corajosa – campanha.

Lançado no Festival de Cannes na última sexta-feira (15), o filme da marca de sorvetes apresenta drag queens famosas que se entregaram as atividades que lhes dão prazer. Ao som de uma versão sensual de “Umbrella”, hit da cantora Rihanna, as personalidades exibem seus lugares mais prazerosos enquanto degustam um Magnum.

Outros três vídeos contam as histórias de algumas das drag queens destacadas no filme principal. Neles, James, Gregory e Blake contam um pouco de suas trajetórias e como escolheram aquilo que era prazeroso. O mais interessante é o fato de que nenhum deles se rotula como drag queen, e sim, afirmam que podem ser o que lhes for mais interessante.

“Este filme celebra as maneiras que um grupo específico de indivíduos abraça seu prazer pessoal de uma forma particularmente corajosa, em um esforço para inspirar e incentivar todas as pessoas a ser fiel a seu prazer”, disse Sophie Galvani, Marca Global Vice-Presidente da Magnum.

A campanha filmada em Los Angeles, nos Estados Unidos, leva assinatura da agência espanhola Lola.

Confira os filmes:

 

Fonte: AdNews

Grace Jones, photoshop 10 anos antes do photoshop

Quando o ilustrador, designer e fotógrafo Jean-Paul Goude fotografou o “Nigger Arabesque”, onde a modelo, cantora e atriz jamaicana Grace Jones, um dos maiores ícone do anos 80, parece desafiar as leis da física, estávamos há 10 anos antes da versão comercial do Photoshop 1.0, primeiro programa de manipulação fotográfica digital.

A imagem foi produzida em 1978 e publicada na New York. Em 1985, ela foi recuperada por Jones e usada para a capa de seu disco, “Island Life”.  Na época, a imagem gerou muito barulho, pois todos queriam saber como foi realizado o processo criativo.
Na verdade, ela não é totalmente real. Para se chegar ao resultado final, Goude realizou um trabalho meticuloso e artesanal. Fez mais de 20 imagens e depois juntou todas numa espécie de montagem, criando assim uma espécie de “ilusão crível”. Confira no final vídeo com Grace Jones cantando “La Vie En Rose”, trilha sonora da novela “O Pulo Do Gato” (1978).
Grace Jones 1

Jean-Paul Goude
Grace Jones 11
Grace Jones 13

25 ilusões de ótica de pirar a cabeça

 

O Canadense Rob Gonsalves combina o surrealismo ilustrativo de René Magritte, a matemática de M.C.Escher e transforma a pintura em uma experiência bem divertida para o espectador.

O interesse de Gonsalves pela arte e a pintura surgiu ainda na infância.  Com 12 anos ele já tinha certa experiência com a técnicas e perspectivsa da arte arquitetônica. A maioria de suas pinturas têm um limite claro entre as várias histórias contadas, o que obriga o espectador a ir e voltar entre elas – como uma ilusão de ótica que muda a cada vez que você olha para ela.

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-2__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-3__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-7__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-22__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-19__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-11__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-14__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-20__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-23__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-8__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-13__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-16__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-21__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-24__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-17__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-9__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-10__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-5__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-6__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-12__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-15__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-18__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-4__880

 

magic-realism-paintings-rob-gonsalves-25__880

Fonte: IdeaFixa

Primeiros Designs: Artes do Filme Enrolados

O filme enrolados conta a história de Rapunzel.

tumblr_mjh2ul5jbt1r4aq0jo1_500

Uma das partes mais importantes do processo de criar uma animação nos estúdios Disney é a das artes conceituais. Artista(s) são chamados para criar as primeiras imagens baseadas na história que vai ser contada. Alguns desenhos são descartados, outros recebem comentários dos diretores de animação (mais assim, menos assim, etc). E a partir daí o estúdio determina como vai ser cada personagem, a paleta de cores, os cenários, figurinos, etc… É a partir dessas artes que o filme ganha forma. As imagens a seguir são apaixonantes, o que vocês acham?

 

Fonte: MarimoonOficial

%d blogueiros gostam disto: