Arquivo da categoria: arquitetura

Japão vai construir uma muralha de gelo para descontaminar Fukushima

Em 2011, um tsunami criado por um terremoto atingiu a usina de Fukushima (Japão) e acabou ocasionando um grande acidente nuclear.

O acidente foi considerado o maior desastre natural desde o acidente nuclear de Chernobyl. E, infelizmente, o acidente fez com que a usina liberasse muita radiação na água do mar.

Já aconteceram tentativas de retirada do material radioativo da área, mas as altas temperaturas e a própria radioatividade acabaram com a ideia.

Então, os japoneses decidiram criar uma muralha de gelo para acabar com o problema!

Para entender isso, você vai precisar entender como funcionava a usina.

A usina de Fukushima produzia energia com uma série de reatores que eram colocados em contato com toneladas de água. Assim, o líquido evaporava e o vapor movimentava as turbinas para gerar energia.

O projeto japonês consiste em usar tubos refrigerados localizados a 30 metros de profundidade. Quando ligados, esses tubos criarão uma barreira de gelo (com cerca de 1,5km de extensão) para cercar toda a área nuclear.

Todo esse projeto vai custar cerca de R$ 1 bilhão. E, acredite se quiser, se tratando de um grande projeto este é um valor baixo.

Logo abaixo você pode conferir um vídeo sobre o assunto:

 

Fonte: Mistérios do Mundo 

 

Anúncios

A Muralha de Avila

A antiga cidade de Avila está localizada no centro da Espanha, na comunidade de Castela e Leão, cerca de 100 km a oeste de Madrid. Considerada como uma das melhores cidades muradas na Europa, Avila foi construída sobre o cume plano de um afloramento rochoso que se eleva abruptamente no meio de uma vasta planície sem árvores repleta de imensas pedras cinzentas cercada por altas montanhas.

A sua longa muralha de 2.500 metros até hoje está quase completamente intacta.

A Muralha de Avila

Foto: Never House/Flickr

A área cercada pela muralha é agora designada a Cidade Velha, e contém todos os marcos históricos da cidade, incluindo a catedral gótica, o Convento de Santo Tomás, que contém os túmulos de Tomás de Torquemada que foi o primeiro grande inquisidor da Espanha, e de Don Juan, o único filho de Fernando e Isabel, e várias igrejas.

Hoje é possível andar sobre algumas partes da muralha. À noite, toda a circunferência da parede é iluminada por luzes amarelas e laranjas, tornando a muralha o “maior monumento totalmente iluminado no mundo”.

A Muralha de Avila

Foto: Allan Reyes/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: jorcolma/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: Leticia Ayuso/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: jorcolma/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: jorcolma/Flickr

A Muralha de Avila

A Muralha de Avila

Foto: Carlos/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: Son of Groucho/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: Allan Reyes/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: Yildori/Wikimedia

A Muralha de Avila

Foto: Son of Groucho/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: Anual/Wikimedia

A Muralha de Avila

Foto: jorcolma/Flickr

A Muralha de Avila

Foto: Carlos/Flickr

Fonte: Wikipedia / UNESCO / Architecture of Spain by Alejandro Lapunzina / Britannica

Fonte: Mistérios do Mundo 

As pontes da cidade de Praga

Localizada nas margens do Rio Vltava, a histórica cidade de Praga, capital da República Checa, é considerada uma das cidades mais bem preservadas da Europa. Praticamente intocada pelas guerras devastadoras do século 20, Praga manteve muitas das suas construções históricas, castelos, catedrais, torres e pontes, que durante os últimos mil anos tem sido o exemplo brilhante de arquiteturas romanescas, góticas, renascentistas e barrocas.

Praga é conhecida como a “cidade das cem torres” por suas muitas torres douradas e torres de igrejas medievais que perfuram o horizonte. De acordo com a Prague.net, existem mais de trezentas pontes na cidade. Dezoito delas estão localizadas através do rio Vltava, e centenas de pontes passam ao longo de muitos rios, riachos e vales.

A ponte mais famosa é a Ponte Charles, que começou a ser construída em 1357 sob as ordens do rei Charles IV, e foi concluída no início do século 15. Mas não era conhecida como Charles Bridge até 1841. Ela foi originalmente chamada de Ponte de Pedra ou a Ponte de Praga. A ponte substituiu a antiga Ponte Judith construída em 1158-1172, que tinha sido gravemente danificada por uma inundação em 1342.

Por mais de 450 anos, até 1841, era a única ponte que liga as duas margens do Rio Vltava. Hoje, a ponte tem o seu próprio museu.

As pontes de Praga

Foto: Miroslav Petrasko/Flickr

As pontes de Praga

Foto: chris.chabot/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Miroslav Petrasko/Flickr

As pontes de Praga

Foto: torbus/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Moyan Brenn/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Miroslav Petrasko/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Florin Draghici/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Dave Putz/Connie Sieh/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Guillaume Speurt/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Christian Bredfeldt/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Waymarking

As pontes de Praga

Foto: Brian Snelson/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Petr Chudoba/Panoramio

As pontes de Praga

Foto: www.bauforumstahl.de

As pontes de Praga

Foto: Sylke Ibach/Flickr

As pontes de Praga

Foto: Deepak/Flickr

As pontes de Praga

Foto: www.private-prague-guide.com

 

Fonte: Mistérios do Mundo 

A incrível casa tubular de cristal construída em torno de uma árvore

Ter uma “casa na árvore” é o sonho de muitas pessoas. Agora, imagine que essa casa seja de cristal e tenha três andares, ao invés de um cubículo de madeira onde mal dá para se mexer, principalmente se você for um adulto.

A casa tubular de cristal construída em torno de uma árvore é uma ideia do arquiteto Aibek Almassov. Ela foi projetada em 2013, mas os investidores a deixaram de lado. No entanto, hoje, existem empresas interessadas em financiá-la.

“A intenção principal do projeto é oferecer uma alternativa à agitação da vida na vida”, explicou Almassov. “Queríamos combinar as capacidades do design industrial moderno e a beleza e a riqueza da natureza”, completou. “Esta é uma oportunidade para escapar das caixas de concreto sufocantes e sentir esta unidade com a natureza.”

casa-cristal-tubular-arbol-aibek-almassov-1

casa-cristal-tubular-arbol-aibek-almassov-2

casa-cristal-tubular-arbol-aibek-almassov-3

casa-cristal-tubular-arbol-aibek-almassov-5

casa-cristal-tubular-arbol-aibek-almassov-6

casa-cristal-tubular-arbol-aibek-almassov-7

Fonte: Razões para Acreditar 

 

 

%d blogueiros gostam disto: