Conheça o bairro da Bela Vista (São Paulo/SP)

Surge a Bela Vista

O bairro do Bixiga, localizado na região da Bela Vista, nasceu por volta de 1870, quando Antônio José Leite Braga resolveu lotear parte de sua chácara. O local foi, então, povoado por imigrantes italianos recém-chegados ao Brasil e o bairro assumiu as características de seus moradores, que mantiveram vivas a tradição e a religiosidade. Semelhante às aldeias da Itália, o Bixiga tem ruas estreitas e ladeiras, onde se instalaram aos poucos cantinas, quitandas, sapatarias e lojas de artesanato.

casar_o_do_bixiga_100936360339381190

Chegando ao Bexiga os italianos dedicaram-se a fazer algo que era de sua especialidade, a comida, levando então, a criação de fábricas de macarrão e as famosas cantinas e pizzarias.
A semelhança das línguas Italiana e Portuguesa que provém de uma mesma raiz, a latina, fez com que existisse uma maior fixação dos italianos no bairro.

Apesar do parecer entre a língua portuguesa e a italiana, ambas têm variações, pois as palavras geralmente não tem o mesmo significado, no Brasil o que chamamos pastelaria, normalmente é o lugar onde vendem-se pastéis, já na Itália seria um lugar onde vendem-se pães, doces, guloseimas ou coisas do gênero.

O bairro do Bexiga já foi extremamente italiano, seus costumes, forma de falar, era um ambiente bastante afetivo onde todos tratavam-se como irmãos.“Zan Paolo”, como diziam, ficou cheio de dialetos italianos, por onde quer que se passava notava-se a maneira diferente de falar, o queijo tornou-se formaggio o trabalho, então era lavoro.

O Bexiga cresceu lentamente e por algumas vezes falava-se mais o italiano que o próprio português, segundo Pacheco Júnior em sua “gramática histórica da língua portuguesa” cerca de 300 vocábulos tem origem italiana: cantina, caricatura, cascata, poltrona, alegro, carnaval, mortadela, salsicha, entre muitas outras.

cantina-1
Hoje, o Bixiga é reduto de intelectuais, artistas, amantes de cultura e gastronomia. Foi ali que o industrial italiano Franco Zampari fundou o extinto Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), por onde passaram Cacilda Becker, Paulo Autran e Sérgio Cardoso, que empresta o nome a um dos mais importantes teatros da cidade, instalado no Bixiga.

Teatro Abril

Teatro Abril

Outros badalados teatros estão no entorno, como o Abril, o Brigadeiro, o Bibi Ferreira, o Ruth Escobar e o Cultura Artística complementam a esfera cultural do Bixiga o Museu dos Óculos Gioconda Giannini e a Feira de Antiguidades da Praça Dom Orione, esta última com cerca de 300 barracas que dispõem de artigos diversos, obras de arte, comida e outras curiosidades.

Escadaria do Bixiga

Escadaria do Bixiga

A bela Escadaria do Bixiga une a parte alta do bairro, na rua dos Ingleses, a parte baixa, na rua Treze de Maio, tem acesso ao polo cultural de um lado e as cantinas e a feira do outro.

O Centro de Preservação Cultural está localizado no bairro da Bela Vista, em São Paulo

O Centro de Preservação Cultural está localizado no bairro da Bela Vista, em São Paulo

Eventos culturais, exposições, cursos e oficinas são atrações do Centro de Preservação Cultural (CPC) da Universidade de São Paulo, localizado na chácara urbana Casa de Dona Yayá, na rua Major Diogo. Aos domingos, há apresentações de coral, cantigas de roda, musicais, circo e teatro.

A tradicional Festa da Nossa Senhora da Achiropita

A tradicional Festa da Nossa Senhora da Achiropita

No Bixiga também estão instaladas a sede da tradicional escola de samba Vai-Vai e a Igreja Nossa Senhora Achiropita, santa homenageada todo mês de agosto com a festa gastronômica e beneficente nas ruas do bairro.
vai-vai
Na rua Conselheiro Carrão, casas acabam de ter suas fachadas revitalizadas, coloridas em tons vibrantes e alegres, o projeto tem o objetivo de transformar o Bixiga no “Caminito brasileiro”, fazendo referência ao famoso ponto do bairro portenho de La Boca, na Argentina. Foram 20 os imóveis que ganharam “cara nova”, entre cantinas, uma creche e o antigo Teatro Zácaro. No rol dos pães, as pequeninas e imortais padarias em nada se assemelham as modernas panificadoras. Possuem, em sua maioria, aspecto rústico, atendimento intimista e receitas de família.

bixiga_0909_caiopimenta .jpg 1 cortada 1

 

 

O NOME DO BAIRRO – Bexiga, Bixiga ou Bela Vista?
Versões diferentes, uma mesma região

A região do Bexiga tem esse nome porque no século 18 aquelas terras pertenciam a Antônio Bexiga – um senhor que ganhou o apelido depois de ser acometido pela varíola. A grafia Bixiga, defendida por alguns memorialistas e moradores das redondezas, seria uma adaptação do termo ao jeito coloquial de falar, trocando o “e” pelo “i”. O Bexiga é a região compreendida entre a Rua Rui Barbosa, Avenida 9 de Julho e Rua dos Franceses. Pertence ao bairro chamado oficialmente de Bela Vista.

A FEIRA DO BEXIGA

A feira de trocas do Bexiga, hoje “Feira do Bexiga” existe há muitos anos. Desde a década de setenta. Ela ocupa toda a área da praça Don Orione estendendo-se pelas imediações. Nela se encontra de tudo. Livros usados, discos, cds, peças antigas e modernas de metais, vidros, cristais, porcelanas, quadros, brinquedos, antiguidades em geral, pratarias, objetos de adornos, militares, colecionáveis, etc. É um mundo! Quando comecei a frequëntá-la os comerciantes e antiquários colocavam tudo no chão, sobre panos e tapetes variados. Cada feirante tinha o seu espaço. Havia também lugares para os visitantes.
Quem organizava a feira nesse tempo era dona Jane, uma senhora de quarenta e poucos anos, valente, decidida, ativa, sem papas na língua, muito autoritária e, de certa forma, respeitada por todos.

 

Anúncios

Publicado em 26 de junho de 2015, em Amor, Arte, Cultura, Curiosidades, Família, História, São Paulo, Turismo e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: