Risadas fazem pessoas compartilharem mais segredos

Quer saber o que os outros andam escondendo? Comece a contar piadas
  (Foto: Louise Gadd / flickr / creative commons)

De acordo com um estudo publicado no periódico Human Nature, risadas podem fazer pessoas se abrirem mais – ou seja, compartilhar histórias íntimas e segredos.

Para chegar a essas conclusões, pesquisadores da University College London recrutaram 122 voluntários e os dividiram em grupos de quatro pessoas. Todos assistiram um dos três vídeos: um stand up de um comendiante, um documentário sobre a natureza ou um vídeo sobre golfe. Os clipes deveriam, respectivamente, causar risadas, um humor agradável ou nada em particular.

Depois de ver os vídeos, os voluntários precisaram escrever um pouco sobre si mesmos. A ideia era que esse resumo seria usado para os apresentar a outros membros do grupo. Quem havia assistido o show de stand up compartilhou mais segredos, como ‘em janeiro me machuquei praticando pole dance’, ‘vivo com ratos’ e coisas assim.

Após analisar os resultados os pesquisadores passaram a encarar os risos como um ‘lubrificante social’. A risada ativa endorfinas e essa produção é conectada com a nossa habilidade de formar laços e fazer amigos. E, ao mesmo tempo, compartilhar segredos e se mostrar vulnerável, é uma forma de fazer novos amigos. Ou seja, risos e segredos são atalhos para a amizade.

Fonte: Galileu

Anúncios

Publicado em 14 de maio de 2015, em Comportamento, Curiosidades e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: