História e características dos gatos persas

A história dos gatos persas no mundo ocidental começou no século XVII, quando Pietro della Valle introduziu os primeiros exemplares desta raça na Europa

Thor e Rúcula

Thor e Rúcula

Os gatos persas são uma das mais antigas conhecidas raça de gatos.

Desconhece-se o início da história, mas sabe-se que os primeiros gatos dessa raça vieram da Pérsia (atual Irã) e Turquia, no século XVII. Foi o explorador italiano Pietro della Valle (1586 – 1652) quem trouxe exemplares de gatos persas para Itália, por volta de 1620.

No século XIX exemplares dessa raça existente em Itália foram cruzados com gatos da raça angorá, em Inglaterra, o que deu origem à moderna raça de gatos persas.

Nessa altura, os gatos persas tornaram-se uma raça popular na Europa e chegaram à América, no final desse século. No suplemento semanal da revista americana Harper’s Magazine, de 27 de janeiro de 1872, aparece uma ilustração de várias exposições felinas do Palácio de Cristal de Londres, incluindo um espetáculo de gatos persas.

Exposições felinas do Palácio de Cristal de Londres. 1872

Em 1950, foram cruzados exemplares de gatos persas com gatos siameses, tendo sido criada uma nova raça, os gatos himalaios. Desde 1984, os gatos himalaios foram considerados pela Cat Fanciers’ Association – CFA como sendo uma variante dos gatos persas, apesar da objeção dos criadores destas raças.

Características dos Gatos Persas

Desenhos e fotografias antigas revelam gatos persas com características um pouco diferentes das raças modernas. As imagens seguintes foram retiradas da revista Country Life in America, de setembro de 1908.

Artigo de 1908 sobre Gatos Persas.

O persas têm esqueleto pesado, pernas grosssa e curtas e patas grandes. São bem musculados e de porte médio a grande. O pescoço é curto e grosso, os ombros e peito largos. A cauda é curta e proporcional ao corpo.

Têm cabeça grande e ampla, grandes olhos, bem separados, redondos e expressivos. Orelhas pequenas, de pontas arredondas e nitidamente separadas. O nariz, de narinas bem abertas, é curto, com uma quebra entre os olhos e as pálpebras. A expressão geral é doce.

Miguelzito

Miguelzito

Os gatos persas têm uma natureza doce e gentil e uma personalidade descontraída. São uma raça carinhosa e desfrutam da companhia dos seus cuidadores.

São gatos tranquilos, de trato fácil e geralmente dão-se bem com outros animais de estimação e com os membros da família, apesar de ser preferível evitar crianças nervosas ou barulhentas.

Os seus miados são suaves e discretos, sendo por isso ótimos para apartamentos. São gatos apegados ao dono, dóceis, carinhosos e preguiçosos, passando grande parte do dia dormindo num sofá ou noutro local fofito.

Thor

Thor

Anúncios

Publicado em 2 de dezembro de 2014, em Cultura, Curiosidades, Pets e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: