Ruby e o lado obscuro por trás do SeaWorld

Ruby, uma baleia-beluga, morreu no ‪‎Sea World‬ depois de 17 anos de angústia. Ela foi capturada e separada de sua família quando tinha apenas 2 anos.

"Eu não apoio o Sea World"

“Eu não apoio o Sea World”

Se há um céu, Ruby está nele, e se não, nada superará a angústia que ela viveu no SeaWorld durante os últimos 17 anos. Ela foi capturada com apenas 2 anos de idade e separada de sua família e habitat natural, tudo para satisfazer a ganância do proprietário do parque de diversões.

O SeaWorld usou Ruby por muitos anos como uma máquina de reprodução, já que a quantidade de indivíduos para exibição está cada vez menor. Tal como acontece com a maioria dos mamíferos marinhos que não podem se reproduzir em cativeiro, tendo sido privado de tudo o que é natural e importante para eles, Ruby foi inseminada artificialmente. Ela rejeitou seu primogênito em 2008, e seu filhote morreu um mês depois.

O PETA e milhões de pessoas que assistiram ao documentário “Blackfish” sabem da triste realidade por trás do SeaWorld.

O SeaWorld deve fechar e devolver esses magníficos animais para as suas vidas nos oceanos onde eles pertencem!

COMPARTILHE e mostre a todos que ‪CATIVEIRO MATA!

Assista ao documentário “Blackfish”:

 

Fonte: PETA

Anúncios

Publicado em 9 de julho de 2014, em Natureza e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: