Qual a Diferença entre gazela e veado?

Existem várias diferenças. Para começar, as gazelas pertencem à família Bovidae, enquanto os veados fazem parte da Cervidae. A diferença fundamental entre as duas famílias está no “troféu” que enfeita a testa dos animais. Os cervídeos têm chifres que caem todos os anos e são trocados por outros. Essas galhadas normalmente também se dividem em várias direções. Já os bovídeos têm cornos que duram a vida toda e, em geral, sem ramificações. Outra diferença é que as gazelas só são encontradas na África em regiões isoladas da Ásia. Já os veados – nome genérico de cerca de 40 tipos de cervídeos – são originários de todos os continentes, exceto da Oceania. Confira nestas páginas exemplos de espécies que pertencem a essas famílias.

Ordem artiodactyla
Ordem que reúne os mamíferos com cascos e, geralmente, número par de dedos nas patas. Aqui estão as gazelas e os veados, mas também camelos, hipopótamos, porcos…

FAMÍLIA CERVIDAE

Nessa família entram as espécies com galhadas na cabeça – chifres que se renovam anualmente e são divididos em ramificações. Exemplos: veados, renas, alces e corças

VEADO-CAMPEIRO (Ozotoceros bezoarticus)

COMPRIMENTO – 1,40 m

PESO – 40 kg

ONDE É ENCONTRADO – Brasil, Paraguai, Uruguai, Norte e Centro da Argentina e Leste da Bolívia

Um dos cervídeos mais populares do Brasil, o veado-campeiro é ágil e veloz, podendo atingir 70 km/h. Tem chifres de três pontas que chegam a medir 30 cm de comprimento. Está ameaçado pelas queimadas, pela caça e pela destruição de seu habitat

RENA (Rangifer tarandus)

COMPRIMENTO – 2,20 m

PESO – 318 kg

ONDE É ENCONTRADO – Canadá, Alasca, extremo norte dos Estados Unidos e norte da Europa e da Ásia

Entre todos os cervídeos, é a única espécie em que a fêmea também tem chifres. Chegada numa viagem, a rena faz migrações anuais de até 5 mil km! Ela possui excelente olfato, que permite encontrar tufos de grama enterrados sob densas camadas de neve

ALCE (Alces alces)

COMPRIMENTO – 3,10 m

PESO – 825 kg

ONDE É ENCONTRADO – Canadá, Alasca, extremo norte dos Estados Unidos, norte da Europa e da Ásia

Meio desengonçado, o alce é o maior cervídeo do mundo. É um animal solitário, e as fêmeas ficam muito agressivas quando estão com filhotes. Apesar do enorme tamanho, é um bom nadador e muitas vezes entra na água para se alimentar de plantas aquáticas

CORÇA (Capreolus capreolus)

COMPRIMENTO – 1,50 m

PESO – 50 kg

ONDE É ENCONTRADO – Europa e norte do Irã

O menor cervídeo da Europa é um bicho solitário, de porte elegante e cara de “bonzinho”. As galhadas, presentes só nos machos, caem no outono e crescem de novo na primavera. No verão, os chifres são usados pelos machos nas disputas por fêmeas

FAMÍLIA BOVIDAE

Os bovídeos têm cornos com uma estrutura definitiva na cabeça. Animais de algumas espécies – como gazelas, impalas e gnus – são chamados genericamente de antílopes

GAZELA-DE-THOMSON (Gazella thomsonii)

COMPRIMENTO – 1,20 m

PESO – 30 kg

ONDE É ENCONTRADO – Em três países africanos: Sudão, Quênia e Tanzânia

Entre as 16 espécies de gazela, a gazela-de-thomson é uma das que têm maior população. Ela tem listras pretas na face e na lateral do corpo, o que a ajuda a se camuflar nas estepes africanas para escapar dos predadores

IMPALA (Aepyceros melampus)

COMPRIMENTO – 1,50 m

PESO – 65 kg

ONDE É ENCONTRADO – Leste da África

Para fugir de leões, leopardos e hienas, os impalas são capazes de dar saltos de 9 m de distância e 3 m de altura! Os pulos desordenados e frenéticos são uma estratégia eficiente para confundir os predadores na hora de uma perseguição

GNU (Connochaetes taurinus)

COMPRIMENTO – 2,40 m

PESO – 275 kg

ONDE É ENCONTRADO – Na África, do Quênia ao sul de Angola e norte da África do Sul

Robusto e com cara de poucos amigos, o gnu é um animal territorial e briguento. Ele vive em grandes manadas, que podem chegar a 400 mil indivíduos! É conhecido por fazer longas jornadas migratórias em busca de alimento e água

KUDU (Tragelaphus strepsiceros)

COMPRIMENTO – 2,45 m

PESO – 315 kg

ONDE É ENCONTRADO – Na África, numa faixa que vai do sul do Chade à Somália e à África do Sul

Exceto na época de acasalamento, o kudu vive em grupos formados apenas por machos (dois a dez indivíduos) ou fêmeas (um a três animais e mais os filhotes). Pouco agressivo, o kudu foi duramente caçado por causa de sua carne e de seus belos chifres

 

 

Fonte: Mundo Estranho

Anúncios

Publicado em 17 de abril de 2014, em Curiosidades e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: