Que tal beber uma cerveja de baleia para refrescar?

Cervejaria islandesa criou sabor exótico para festival anual em tributo a deuses pagãos da cultura local e tem recebido críticas pesadas de ativistas

241740898009251939_mega

Você já deve ter visto que existem cervejas de sabores bem exóticos, como a bebida feita com café, a linha da Hello Kitty de frutas variadas e as estranhas versões produzidas com ostras, bacon, algas, guacamole, curry, entre outros.

Contudo, nenhuma delas está causando tanta polêmica quanto a cerveja recentemente anunciada pela Steðji, uma cervejaria islandesa. A bebida foi idealizada em parceria com a companhia baleeira Hvalur e, como você já deve ter deduzido nessa altura, é fabricada com carne de baleia.

24174089811113924-t640

A garrafa da bebida possui 330 ml e o seu teor alcoólico é de 5,2%. De acordo com a cervejaria, o seu produto é bastante saudável, pois a carne de baleia é composta de muita proteína e baixa quantidade de gordura, além de a sua confecção não levar açúcar.

A cerveja foi desenvolvida para o festival de inverno Thorrablot, o qual acontece anualmente em diversas cidades do país em tributo aos deuses pagãos da cultura local e que neste ano perdurará de 24 de janeiro a 22 de fevereiro. Inclusive, na publicação de divulgação do novo sabor do seu portfólio, a cervejaria diz que quem bebê-la se sentirá um “verdadeiro Viking”.

Dagbjartur Ariliusson, dono da Steðji, afirma que esse produto em específico só será comercializado durante o festival. Mas isso não impediu de que entidade de proteção aos animais fizessem duras críticas contra a iniciativa. A organização Whale and Dolphin Conservation (WDC) publicou uma nota repudiando a cerveja.

Segundo Vanessa Williams-Grey, uma das líderes da instituição, “a demanda por esse tipo de carne está caindo, com cada vez menos pessoas a procurando. Mesmo assim, reduzir uma bela e senciente baleia a um mero ingrediente no rótulo de uma garrafa é tão imoral e ultrajante quanto se possa imaginar”.

“A cervejaria pode alegar que este é apenas um produto novo com uma vida útil curta, mas qual o preço da vida de uma baleia ameaçada de extinção que poderia ter vivido 90 anos?”, complementou a ativista.

Fonte: The Guardian

Anúncios

Publicado em 13 de janeiro de 2014, em Curiosidades e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: