5 situações bizarras envolvendo salsichas

Você deve ter lido o título e logo imaginado bobagens, não é mesmo? Mas a verdade é que vamos falar sobre situações bem estranhas envolvendo aquele popular ingrediente de cachorros-quentes e muitos outros pratos, a salsicha.

1 – Elas podem viciar

Fonte da imagem: pixabay

Fonte da imagem: pixabay

Por incrível que pareça, existe um caso documentado de um homem — chamado David Harding — que simplesmente não pode viver sem salsichas. Ele consome cerca de uma dúzia por dia e mantém um belo estoque no freezer, e, toda vez que David percebe que restam poucas unidades, entra em pânico.

O pobre homem vem tentando tratar o vício — e, como ocorre com qualquer outra dependência, o abuso pode ser muito prejudicial — com um psiquiatra, que acredita que a obsessão de Harding não é de origem física.

2 – Elas podem ser polêmicas

 

Fonte da imagem: pixabay

Fonte da imagem: pixabay

Na Alemanha, uma simples brincadeira lançada por um supermercado acabou despertando uma enorme polêmica. O local resolveu pôr à venda salsichas femininas e masculinas — calma… não é o que você está pensando! —, deixando muita gente ofendida. A variedade para mulheres, além de ter a metade do tamanho das masculinas e de ser menos calórica, é produzida com carnes de melhor qualidade e é mais cara do que as demais.

Segundo os “ofendidos”, embora a maioria dos consumidores provavelmente leve tudo na brincadeira, criar uma variedade feminina e outra masculina foi uma atitude extremamente sexista, implicando na ideia de que os homens podem comer mais, enquanto as mulheres devem cuidar da dieta ou, ainda, que o papel das mulheres é o de agradar, e o dos homens, aproveitar. Será que exageraram?

3 – Elas podem salvar vidas

Fonte da imagem: pixabay

Fonte da imagem: pixabay

No século 19, um duelo entre Otto von Bismarck, um renomado político europeu, e Rudolph Virchow, cientista e político da oposição, teria acabado em tragédia se não fosse pela salsicha! Os dois se enfrentariam em um encontro proposto pelo estadista, conhecido por suas habilidades com armas de fogo. Segundo as regras, era o “desafiado” quem escolhia a arma que seria utilizada e, sabendo que estava em desvantagem, Virchow escolheu… um par de salsichas.

Os produtos deveriam ser consumidos durante o duelo, então, Virchow contaminou um deles com larvas mortais. Bismarck seria o primeiro a escolher um dos dois exemplares para consumo, e a tática aumentou as chances de sobrevivência de Virchow em 50%. Para a sorte de todos os envolvidos, o estadista desistiu do duelo na última hora e, graças às salsichas, ninguém perdeu a vida.

4 – Elas inspiram carreiras

Fonte da imagem: pixabay

Fonte da imagem: pixabay

Acredite! Na Alemanha existe uma instituição educacional que oferece aulas para que os amantes das salsichas se tornem especialistas, com direito a certificados e até cursos de extensão. A “Academia da Salsicha” fica em Neumarkt e, até onde se sabe, aproximadamente 1.300 estudantes — de todas as partes do mundo — já receberam seus diplomas.

5 – Existe um museu dedicado a elas

Fonte da imagem: Reprodução/Currywurst Museum

Fonte da imagem: Reprodução/Currywurst Museum

Como você sabe, existem museus dedicados aos temas mais malucos, e é claro que não podia faltar um para a salsicha! Situado em Berlin, cidade na qual uma variedade servida com molho de curry — a currywurst — se tornou parte da cultura local, o espaço leva os visitantes a uma interessante e deliciosa viagem pela história da salsicha.

Currywurst Museum, além de trazer todo tipo de informação sobre as salsichas, oferece atividades interativas para os sentidos, como uma câmara com especiarias utilizadas na produção da iguaria, estações nas quais é possível apreciar diferentes aromas, muitas atividades, exibições especiais e, evidentemente, degustações.

Mais curiosidades

  • A salsicha mais longa do mundo media inacreditáveis 59,14 quilômetros, e foi produzida ao longo de três dias na Inglaterra;
  • O recorde de maior número de salsichas devoradas em um minuto pertence a um neozelandês chamado Stefan Paladin, capaz de engolir oito unidades inteiras nesse intervalo de tempo. Caso você tenha ficado curioso, cada salsicha media 10 centímetros de comprimento e 2 de diâmetro e, em média, Paladin demorou 7,5 segundos para tragar cada uma delas;

 

Fonte: Megacurioso

 

Anúncios

Publicado em 26 de novembro de 2013, em Curiosidades, Entretenimento e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. “existe UM caso documentado de um homem” com apenas 1 caso não podemos dizer que isso seja verdade, vai ver o cara pode ser louco e tem tara por salsicha…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: