5 coisas que queremos ver na quarta temporada de The Walking Dead

A quarta temporada de The Walking Dead estreia neste próximo domingo nos EUA. No Brasil, chega três dias mais tarde, na quarta-feira (16/10). As expectativas estão altas! Confira cinco coisas que gostaríamos de ver nos novos episódios:

1) Mais relação com os quadrinhos

 walkingdead01

O acréscimo de personagens na série foi uma ideia ótima, mas adaptações não tão fiéis deveriam parar por aí. Há elementos nas HQs que não vemos nunca na TV, como o humor (lembrando que a falta dele deixa a série bem mais tensa, o que seria bom, se não fosse exagerado, tornando alguns episódios até entediantes).

Fora que pontos como a dificuldade de sobrevivência ficam muito implícitos – raramente há busca por suprimentos e isso decepciona no quesito “sobreviver”. A próxima temporada pode compensar isso, já que haverá várias oportunidades para partes da HQ irem pra tela.

2) A transformação da prisão em um lar

walkingdead02

Vemos todos falando que gostam da prisão, que não vão desistir dela tão fácil e que se sentem em casa ali, mas não há dedicação ao lugar, não há tentativa de transformá-la em um lar de verdade.

A única mudança que vimos até hoje foi para transformá-la em um campo de batalha e prepará-la para uma invasão. Isso torna menos convincente a famosa frase “We are not giving up the prision” (“não vamos dar a prisão de bandeja”) dita por Rick diversas vezes.

3) O passado dos personagens

walkingdead03

O passado de muitos personagens ainda é totalmente secreto, e o de outros, muito nebuloso. Isso dificulta a identificação com os personagens e tira um motivo pra ver. Sair matando gente aqui e ali também não ajuda: não temos chance de gostar de alguém se a pessoa já vai morrendo.

Esperamos que a chacina tenha sido só uma fase, algum tipo de seleção como “só os fortes sobrevivem”. Afinal, os que restaram são tão queridos pelo público que a morte de um deles poderia ser motivo suficiente para parar de ver a série.

4) Mortes mais criativas

walkingdead04

Por incrível que pareça, apesar de todas as formas como já vimos zumbis morrerem, parece que falta criatividade nas mortes. Onde estão as cabeças explodindo e os corpos dilacerados? Onde está a dificuldade em matar um zumbi? Parece que a série nem valoriza mais isso. Deveria haver bem mais destaque ou, pelo menos, mais criatividade nas mortes. Dado que na próxima vai haver bem mais conflitos, temos esperança que esse pedido seja atendido.

5) A explicação sobre o vírus zumbi

walkingdead05

E esse apocalipse? Ok, a série tem que ter um tom de mistério e dúvida para nos manter ligados em cada minuto dos episódios. Mas não saber quase nada sobre a origem da invasão, sobre como alguém é infectado ou por que os zumbis agem de maneiras diferentes é insuportável!

Essas pequenas dúvidas não têm a ver com a verdadeira proposta da série – “como pessoas agem em situações extremas” – mas são importantes para os fãs. Como os personagens estão todos longe de grandes cidades e não há mais cientistas em nenhum dos grupos, as esperanças de termos mais informações sobre os zumbis é quase nula.

 

Fonte: Mundo Estranho

Anúncios

Publicado em 15 de outubro de 2013, em Entretenimento e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: